Desporto

Ranieri "terrivelmente abalado" pela morte do proprietário do Leicester

Jean-Pierre Amet

O italiano Claudio Ranieri, ex-treinador do Leicester, disse esta segunda-feira estar "terrivelmente abalado" pela morte do proprietário do clube da liga inglesa de futebol, Vichai Srivaddhanaprabha, num acidente de helicóptero.

"Estou terrivelmente abalado por esta notícia", disse Ranieri, campeão inglês pelos 'foxes' em 2015/16, em declarações à Sky Sport Italia.

Ranieri lembra o milionário tailandês como "um homem bom, que teve sempre uma palavra positiva para todos" e que apenas entrava no balneário para elogiar e "nunca para culpar alguém".

"Era um homem tocado pela graça, sempre feliz, com um sorriso que iluminava o seu rosto. Tornou melhor todos os que se cruzaram com ele", referiu.

Vichai Srivaddhanaprabha e outras quatro pessoas morreram quando o helicóptero caiu e explodiu do lado de fora do King Power Stadium após um jogo da Primeira Liga Inglesa neste sábado.

Vichai Srivaddhanaprabha adquiriu o clube em 2010, quando disputava a segunda divisão, e, seis anos depois, conseguiu fazer dele um dos mais improváveis campeões da Premier League, em 2015/16.

Com 60 anos, Vichai Srivaddhanaprabha era o quinto homem mais rico da Tailândia, de acordo com a classificação da Forbes, com uma fortuna estimada em cerca de cinco mil milhões de dólares (cerca de 4,38 mil milhões de euros), por meio de seu império de 'duty free' King Power.

Lusa

  • Conselho Europeu reitera indisponibilidade para renegociar Brexit
    2:38
  • Governo francês apela aos coletes amarelos fim dos protestos
    1:23
  • Sporting fecha fase de grupos com goleada

    Liga Europa

    Leões bateram o Vorskla por 3-0.