Conteúdo Patrocinado

Worten acelera no e-commerce com tecnologia cloud PRIMAVERA

Com mais de 1,5 milhões de portugueses a acederem mensalmente à sua plataforma de e-commerce, a Worten garante rapidez de resposta à faturação das encomendas online com o apoio de tecnologia cloud da PRIMAVERA.

A pandemia mostrou aos portugueses as maravilhas do comércio online e fez disparar o número de acessos a plataformas de e-commerce, particularmente à da Worten, que triplicou as vendas através da internet entre janeiro e agosto de 2020 face ao período homólogo do ano anterior, conquistando o topo do ranking das plataformas de e-commerce mais visitadas em Portugal.

A maior movimentação online registou-se nos primeiros dias da quarentena obrigatória, com a corrida aos equipamentos e consumíveis informáticos, tendo sido transacionadas, em apenas dois dias, mais de 20 mil faturas. O suporte a esta intensidade de transações é assegurado pela plataforma cloud - PRIMAVERA Invoicing Engine - que integra todo o workflow de faturação e emite em tempo real as faturas e notas de crédito para os clientes, cumprindo todos os requisitos legais impostos pela Autoridade Tributária.

Ultrapassada a primeira vaga da pandemia, o ritmo das vendas online continuou a subir e a modalidade de e-commerce parece ter definitivamente conquistado os portugueses. “Acreditamos que, pelas boas experiências que tiveram, a maior parte dos novos clientes continuará a comprar online, após a pandemia. Aliás, tudo indica que esta tendência de aceleração do online se manterá a médio prazo”, sublinha Pedro Devesa, Head of Digital Business da Worten.

Velocidade e segurança da faturação

De acordo com um estudo da Marktest, em média todos os meses mais de 1,5 milhões de pessoas acedem à plataforma de comércio eletrónico da Worten. Numa dinâmica digital sem precedentes, para assegurar a rapidez de resposta, a insígnia do grupo Sonae contou com o parceiro tecnológico português PRIMAVERA BSS, que tem suportado com estabilidade e segurança este aumento das vendas online, através da plataforma cloud PRIMAVERA Invoicing Engine.

Num Marketplace com cerca de 1200 “sellers”, ou comerciantes, e milhares de artigos, que representa já 20% do total das vendas online em Portugal, a velocidade de processamento é outro fator de enorme relevância e uma das grandes razões que motivou a união com a tecnológica PRIMAVERA. A esse propósito, Rui Cohen, Head of Tech Team da Worten, acrescenta “neste momento, a Worten tem uma solução de faturação eletrónica que nos permite enfrentar campanhas do tipo Black Friday sem nos preocuparmos com a emissão atempada das faturas para os nossos clientes, a PRIMAVERA dá-nos essa segurança”.

Tranquilidade na resposta às obrigações fiscais

O comércio online traz comodidade ao consumidor e amplia as oportunidades de negócio para as empresas, mas exige o cumprimento de um conjunto de regras de faturação que não podem ser descuradas e que muitas vezes as empresas desconhecem, levantando constrangimentos que podem ser complexos. Antes da parceria com a PRIMAVERA, na Worten, esses constrangimentos também existiam, como explica Rui Cohen: “Todos os processos de assinatura digital e transporte da informação para a Autoridade Tributária, assim como lidar com alterações de legislação, eram sempre pontos de desconforto dentro da Worten. Muitas vezes, significava que teríamos de adiar funcionalidades que potenciavam o aumento de vendas para dar resposta a essas necessidades concretas. A partir do momento em que trabalhamos com a PRIMAVERA, isso deixou de ser uma preocupação”.

O papel da cloud e das integrações na escalabilidade dos negócios online

Com a aposta no e-commerce solidificada, a personalização da experiência do consumidor e a mobilidade são as grandes apostas tecnológicas da Worten para o próximo ano, mas tal só se consegue com recurso a parcerias fortes, como aconteceu com a PRIMAVERA.

Pedro Devesa, Head of Digital Business da Worten, conclui que “as capacidades de desenvolvimentos técnicos desempenham um papel importantíssimo na operação online, pois grande parte das necessidades do desenvolvimento do negócio têm de ser acompanhadas por desenvolvimentos de novas funcionalidades, integrações com parceiros, testes, tudo através de soluções tecnológicas rápidas, automatizadas e escaláveis”.

Devido ao volume de negócio que já passa no canal digital, a segurança é sempre uma preocupação base no desenho das soluções. Desde o início que a oferta da PRIMAVERA nos ofereceu todos os protocolos e configurações consideradas best-of-breed, o que nos deu mais razões para confiar nesta plataforma.”

Rui Cohen, Head of Tech Team da Worten

“O tempo de resposta aos desafios é algo que nos preocupa, pelo que o investimento que fazemos em tecnologia tem o mote comum de facilitar a mudança e o crescimento e a PRIMAVERA ajuda-nos nessa missão.”

Pedro Devesa, Head of Digital Business da Worten

Saiba mais Aqui

  • Confidentes de alunos e cúmplices de professores: o braço contínuo

    País

    Chamam-lhes “funcionários” porque funcionam. A expressão até parece sugerir que eles são os únicos que “funcionam”, dentro de uma escola. Acalmem-se os tolos. Significa apenas que os “assistentes operacionais”, ou “auxiliares de ação educativa”, títulos mais pomposos do que “contínuos” – expressão que estimo muito - são pau para toda a colher.

    Opinião

    Rui Correia