Cultura

Comic Con Portugal troca Matosinhos por Oeiras

Visitante durante o primeiro dia da 4.ª edição do Comic Con Portugal 2017, parque de Exposições da Exponor, Matosinhos. O Festival de cultura pop conta este ano com a presença do ator norte-americano Edward James Olmos, conhecido pelo seu papel de comandante William Adama em "Battlestar Galactica".

FERNANDO VELUDO

A edição de 2018 da Comic Con Portugal vai realizar-se no concelho de Oeiras, e não em Matosinhos como nos últimos anos, de acordo com um comunicado divulgado esta terça-feira pela autarquia presidida por Isaltino Morais.

A Câmara Municipal de Oeiras enviou esta segunda-feira um convite aos meios de comunicação social para "a conferência de imprensa de apresentação da edição de 2018 da Comic Con Portugal", que irá realizar-se na quarta-feira. A autarquia não adianta datas nem local da próxima edição daquela convenção internacional de promoção da cultura pop.

As primeiras quatro edições da Comic Con Portugal, entre 2014 e 2017, decorreram em Matosinhos, tendo a mais recente decorrido de 14 a 17 de dezembro do ano passado, na Exponor.

Em setembro, o site Dinheiro Vivo tinha avançado que a 5.ª edição da Comic Com Portugal iria decorrer em Lisboa.

Em dezembro, questionado sobre a possibilidade da edição de 2018 se mudar para outro local, o diretor-geral da Comic Con Portugal, Paulo Rocha Cardoso, afirmou que a decisão não estava fechada e que apenas no final do evento do ano passado seria analisada a questão.

Sem referir Lisboa, Paulo Cardoso disse que, tal como o nome indica, a Comic Con Portugal pretende "tentar sempre promover o país" - o evento estava esta segunda-feira em Matosinhos, mas poderia "amanhã estar em Santa Maria da Feira" ou até no Algarve.

Também em dezembro, a presidente da Câmara de Matosinhos, Luísa Salgueiro, afirmou que a Comic Con se inseria "na estratégia de divulgação e promoção do concelho", e que era seu objetivo "continuar" com esta parceria, esperando mesmo que se mantivesse "nos próximos anos".

A Câmara de Matosinhos financiou a edição do ano passado da Comic Con com 100 mil euros e, questionada pela Lusa na altura, Luísa Salgueiro, admitiu aumentar a verba para 2018.

Lusa