Cultura

UNESCO anuncia reggae jamaicano como Património Imaterial da Humanidade

No sexto lugar está o antigo músico jamaicano Bob Marley, que morreu em 1981 soma lucros de 21 milhões de dólares em 2016.

Langevin / AP

A música reggae jamaicana foi hoje inscrita na lista do Património Cultural Imaterial da Humanidade por uma comissão especializada da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO).

A UNESCO destacou "a contribuição" desta música para a consciência internacional "sobre questões de injustiça, resistência, amor e humanidade", graças a artistas como Bob Marley, de acordo com um comunicado divulgado após a reunião em Port-Louis, capital da ilha Maurícia.

O reggae "preserva toda uma série de funções sociais básicas da música - sujeita a opiniões sociais, práticas catárticas e tradições religiosas - e continua a ser um meio de expressão cultural para a população jamaicana como um todo", sublinhou.

A organização da ONU lembrou que o género musical surgiu de um "amálgama de antigos ritmos musicais jamaicanos e outros de origens muito diferentes: Caraíbas, América Latina e América do Norte".

Em todos os níveis do sistema educacional do país, "o ensino desta música está presente, de creches a universidades", acrescentou o comunicado.

Lusa

  • Bob Marley dá nome a nova espécie de aranha na Austrália

    Mundo

    Cientistas identificaram na Austrália uma nova espécie de aranha a que deram o nome do cantor jamaicano Bob Marley, e que emerge da água, onde vive, durante as marés baixas, foi divulgado. A equipa de cientistas associou a nova espécie, "Desis bobmarleyi", à canção do músico de 'reggae' "High tide or low tide" (Maré alta ou maré baixa).

  • Richie Campbell recorda Bob Marley
    5:02

    Cultura

    Bob Marley morreu há 35 anos. Autor de grandes êxitos, preocupava-se em denunciar os principais problemas vividos no continente africano. O rei do reggae morreu aos 36 anos com um cancro que acabou por se alastrar a todo o corpo. Richie Campbell relembra o cantor, que se fosse vivo teria 71 anos, e imagina o trabalho dele se fosse vivo. Para Richie há poucos músicos a fazer letras com mensagens tão fortes como Marley.

  • Relembrar Bob Marley
    2:19

    New Articles

    A SIC Notícias recorda Bob Marley, 35 anos após a sua morte. Ao longo da carreira, foi autor de grandes êxitos e ajudou a denunciar os problemas vividos no continente africano. A lenda do reggae morreu aos 36 anos de idade vítima de cancro.

  • Bob Marley morreu há 35 anos

    Cultura

    Amante do futebol e bom jogador, defensor dos oprimidos e da paz, Bob Marley é, ainda hoje, dos maiores músicos de reggae e dos que mais gera dinheiro, apesar de ter morrido faz quarta-feira 35 anos.

  • Depressão é a doença mental mais frequente no país e afeta cerca de 400 mil portugueses
    3:23
  • Carro de Santana Lopes não tinha seguro?
    1:44