Cultura

Shakira processada por lesar Estado espanhol em 14 milhões de euros

Estrela colombiana vai ser ouvida em tribunal, em Barcelona, no dia 12 de junho.

As autoridades espanholas acusam a cantora colombiana de evasão fiscal entre 2012 e 2014.

Os factos remontam a 2012. O fisco espanhol argumenta que, naquela altura, a cantora já vivia em Barcelona com o marido Gerard Piqué. Porém, a morada fiscal ainda eram as Bahamas.

O casal está junto desde 2011 e tem dois filhos. O processo refere-se apenas ao período 2012-2014, uma vez que os factos que remontam a 2011 já estão prescritos.

Shakira só terá feito a alteração da morada fiscal em 2015.

De acordo com o espanhol "El pais", o Ministério Público acredita que Shakira lesou o Estado espanhol em 14,5 milhões de euros.

Segundo a agência noticiosa Efe, que cita fontes judiciais, a cantora colombiana mostrou-se disponível para colaborar com a justiça e já terá pago ao Estado os 14,5 milhões de euros em causa.

A queixa do Ministério Público espanhol visa não só Shakira como um assessor fiscal que, nos Estados Unidos, dirigia várias empresas da cantora e que estaria envolvido num "esquema" para não pagar impostos em Espanha e desviar o dinheiro para sociedades localizadas em paraísos fiscais.