Cultura

Salvador Sobral canta "Paris, Lisboa" em várias partes do mundo

Salvador Sobral canta "Paris, Lisboa" em várias partes do mundo

"Comer bem, viajar bem, passear e tocar. Para mim é uma vida de sonho, às vezes sinto que nem a mereço. É estranho, não é? É uma sensação estranha". As palavras são de Salvador Sobral, que edita "Paris, Lisboa" esta sexta-feira.

Segundo disco de originais de Salvador Sobral foi produzido entre as capitais de Portugal e de França e é inspirado na "chanson française" e no filme "Paris, Texas" de Wim Wenders.

Conta com as colaborações de Luísa Sobral e de António Zambujo e vai ser apresentado em países como Macau, Espanha, Polónia, Alemanha, Suíça, Finlândia, Suécia e Lituânia.

Em Portugal, Salvador Sobral atua no Teatro das Figuras, em Faro, dia 3 de maio e estreia-se nos Coliseus a 10 e a 11 desse mesmo mês, em Lisboa e no Porto, respetivamente.

  • Os populismos crescentes "não são apenas um problema europeu"
    2:01
  • “Vamos a Jogo” acompanhou Luís Filipe Vieira no dia da reconquista
    15:21
  • Visíveis - Ruca
    31:30