Cultura

Beyoncé estreia documentário e lança álbum surpresa em simultâneo

Mario Anzuoni

Álbum inclui uma música cantada pela filha Blue Ivy.

A cantora norte-americana Beyoncé lançou, durante a madrugada de quarta-feira, um álbum surpresa tocado ao vivo, recriando os seus concertos no festival Coachella 2018, que acompanha a estreia do documentário lançado esta quarta-feira na plataforma de 'streaming' Netflix.

"Homecoming: The Live Album" conta com 40 músicas, incluindo um 'cover' de "Before I Let Go", do grupo R&B Maze, lançado originalmente em 1981, e uma música cantada pela filha Blue Ivy.

O álbum vem acompanhar o lançamento do documentário "Homecomig", escrito, realizado e produzido pela cantora, e que já se encontra disponível na plataforma Netflix, com imagens da atuação no festival Coachella - incluindo a participação do marido, o rapper Jay-Z, das Destiny Child e da irmã, Solange, e imagens inéditas dos bastidores do espetáculo, ensaios e da preparação física da cantora.

A atuação no festival foi feita em forma de retrospetiva da carreira de Beyoncé, que começou há mais de 20 anos com o lançamento do primeiro álbum do seu grupo, Destiny's Child, em 1997.

Beyoncé aproveitou também os dois concertos, em 14 e 21 de abril de 2018, para reunir a banda, que terminou em 2006, para apresentar alguns dos seus sucessos, incluindo "Say My Name" e "Lose My Breath".

Apesar de a cantora, ao longo dos anos, ter dado prioridade aos seus lançamentos na plataforma de música online Tidal, da qual o seu marido é o acionista maioritário, Beyoncé escolheu, desta vez, colocar o álbum 'online' em todos os principais serviços de 'streaming'.

Os dois últimos álbuns da cantora, "Lemonade" e "Everything is Love" (em colaboração com Jay-Z), lançados em 2016 e 2018, respetivamente, foram também lançados sem data previamente anunciada.

Lusa

  • Carro de Santana Lopes não tinha seguro?
    1:44