Cultura

Pintura de Monet vendida por 99 milhões de euros

Obra da série "Meules" foi vendida em Nova Iorque. É uma das 10 vendas mais caras de sempre, num leilão.

Uma pintura da série "Meules" do pintor francês Claude Monet foi adquirida terça-feira em Nova Iorque por 110,7 milhões de dólares (99 milhões de euros num leilão organizado pela Sotheby's.

Este é um recorde de venda de uma obra do artista alcançado num leilão e uma das dez vendas mais caras de sempre. O preço já inclui comissão e taxas.

A tela de 72 por 92 centímetros é parte de uma série pintada por Monet durante o inverno de 1890-1891 em sua casa, em Giverny, na Normandia.

Um outro foi vendido em novembro de 2016 pela leiloeira Christie's, também em Nova Iorque por 81,4 milhões de dólares.

O proprietário que colocou a pintura à venda, um colecionador anónimo, adquiriu-a em 1986 num leilão da Christie's por apenas 2,5 milhões de dólares.

O recorde anterior de venda de uma pintura de Monet foi em maio de 2018. "Nenúfares em flor" foi adquirido por 84,6 milhões de dólares.

Lusa

  • Os populismos crescentes "não são apenas um problema europeu"
    2:01
  • “Vamos a Jogo” acompanhou Luís Filipe Vieira no dia da reconquista
    15:21
  • Visíveis - Ruca
    31:30