Cultura

"O maior desastre da história da indústria fonográfica"

"O maior desastre da história da indústria fonográfica"

Milhares de gravações de alguns dos cantores mais importantes do mundo foram destruídas

Milhares de gravações de alguns dos cantores mais importantes do mundo foram destruídas no incêndio de 2008 que atingiu os estúdios da Universal Music Group, em Hollywood.

Na altura, a empresa garantiu que o fogo tinha apenas destruído um parque temático e cópias de vídeos.

Mas uma investigação do New York Times, revelada esta terça-feira, afirma que o incêndio também destruiu gravações de áudio, num desastre agora descrito como "o maior da história da indústria fonográfica".

Elton John, Nirvana, Billie Holiday, Louis Armstrong, Ray Charles, BB King e Aretha Franklin foram alguns dos artistas afetados... num total de 500 mil masters perdidos.

  • O 12.º episódio do "Polígrafo SIC"
    21:36