Cultura

Primeiras bandas confirmadas no Super Bock em Stock

Barrett Emke

Viagra Boys, Kevin Morby, Ghostly Kisses e Nilüfer Yanya atuam no festival que se realiza em Lisboa nos dias 22 e 23 de novembro.

Os Viagra Boys formaram-se em 2015, na Suécia. São um dos grupos de referência do rock da Escandinávia. A conotoção sexual do nome da banda não é mais do que uma chamada de atenção: o grupo de Estocolmo não se esquiva de tecer críticas ao papel do homem, na sociedade. A energia do grupo chega a Lisboa com o disco "Street Worms", editado em 2018.

Herdeiro de Dylan, Kevin Morby apresenta-se a solo depois de ter integrado bandas como os Woods e The Babies. A Portugal, o músico que integra a nova geração da folk traz o disco "Oh My God", editado este ano.

No Super Bock em Stock está também confirmada a presença de Nilüfer Yanya, a britânica que aos 12 anos já tocava guitarra. Mistura a pop, a soul e o jazz e apresenta o disco de estreia, "Miss Universe".

Do Canadá chega Margaux Sauvé. Ela é Ghostly Kisses, nome que nasce de um poema de William Faulkner. Margaux toca violino desde os 5 anos e a música fez sempre parte da sua vida. Em 2017, a canção "Such Words" alcançou mais de 5 mil plays, no Spotify. O primeiro EP veio nesse mesmo ano e, em 2018, editou o segundo: "The City Holds My Heart".

O Super Bock em Stock espalha-se pela Avenida da Liberdade, em Lisboa, dias 22 e 23 de novembro. Até dia 31 de agosto, o bilhete para os dois dias de festival custa 40 euros.