Cultura

Está escolhida a Capital Europeia da Cultura em 2024

O júri vai ainda reunir-se em Bruxelas, a 24 e 25 de setembro, e a 10 e 12 de novembro para apurar as outras duas capitais da cultura.

A cidade de Tartu, na Estónia, vai ser a Capital Europeia da Cultura em 2024, anunciou hoje, em Talin, o comissário europeu responsável pela área da Educação, Cultura, Juventude e Desporto, Tibor Navracsics.

Numa conferência de imprensa conjunta, na presença do ministro estónio da Cultura, Tõnis Lukas, o responsável da Comissão Europeia disse que o país voltará a ter uma Capital da Cultura, depois de Talin ter conquistado esse estatuto em 2011.

"Tartu terá os holofotes da cultura durante um ano. Será uma oportunidade para a cidade aumentar as suas ambições culturais, fazendo com que a cultura e o património cultural faça vibrar os corações das várias comunidades, fazendo com que as pessoas aprendam mais sobre os outros e sobre si próprios", disse Tibor Navracsics.

Com este estatuto, visitantes de toda a Europa e do resto do mundo vão ter a possibilidade de descobrir a cidade e os seus valores e infraestruturas culturais.

Em 2024, haverá três Capitais Europeias da Cultura: uma na Estónia, uma na Áustria e uma terceira candidata num conjunto de países que, além dos 28 membros da União Europeia, inclui ainda o Liechtenstein, a Islândia, a Noruega ou Suíça.

As cidades da Estónia que concorriam eram Kuressaare, Narva and Tartu, e as duas últimas ficaram numa short-list. O júri vai ainda reunir-se em Bruxelas, a 24 e 25 de setembro, e a 10 e 12 de novembro para apurar as outras duas capitais.

Depois de Matera, em Itália, e Plovdiv, na Bulgária, este ano, as próximas capitais europeias da cultura serão, Rijeka (Croácia) e Galway (Irlanda), em 2020, Elefsina (Grécia), Timisoara (Roménia) e Novi Sad (Sérvia), em 2021, Kaunas (Lituania), e Esch-sur-Alzette (Luxemburgo), em 2022, e Veszprém (Hungria), em 2023.

Em 2027, Portugal voltará a ter uma Capital Europeia da Cultura, havendo já várias cidades que demonstraram interesse em candidatar-se.

Lusa