Cultura

Nove estruturas de dança vão ter apoios para 2020 e 2021

© Oleg Popov / Reuters

A Direção-Geral das Artes vai distribuir, entre elas, cerca de 1,5 milhões de euros.

A "Nome Próprio - Associação Cultural", da Região Norte, com direção artística de Victor Hugo Pontes, é a que vai ter o maior financiamento. São 251.400 euros.

O Teatro do Silêncio, de Carnide é a estrutura menos financiada. Terá 73.600 euros.

Com a atribuição de apoios na área da dança, conclui-se a atribuição de apoios inseridos no Programa de Apoio Sustentado à criação e confirmam-se os resultados provisórios. Apenas 60% das candidaturas elegíveis vão receber financiamento.

A Plataforma Cultura em Luta anunciou um protesto, para dia 10, uma semana antes da data prevista para o Governo apresentar a proposta de Orçamento do Estado para 2020.