Cultura

Afinal, o que está ou vai fazer o Governo em relação aos alegados recibos verdes na Casa da Música?

Afinal, o que está ou vai fazer o Governo em relação aos alegados recibos verdes na Casa da Música?

ACT admitiu que há indícios de existirem trabalhadores a "falsos recibos verdes".

A ministra da Cultura está a aguardar os resultados da Autoridade para as Condições do Trabalho, para se poder pronunciar sobre a polémica em torno dos trabalhadores da Casa da Música, no Porto.

A Autoridade está ainda a avaliar se há ou não casos de falsos recibos verdes na instituição.

O caso começou a dar que falar depois de, no final de abril, 92 trabalhadores terem divulgado um abaixo-assinado onde relatam a existência de dezenas de situações de precariedade, numa instituição que é financiada pelo Estado.

Mais recentemente, as atenções têm estado também no maestro José Luís Borges, que colocou à disposição o cargo de vice-presidente do Conselho de Administração, por não concordar com a forma como os funcionários estavam a ser tratados.

Apesar de na audição desta terça-feira, não sair nenhuma novidade relativa à situação dos trabalhadores da casa da música, a ministra da Cultura garanbte que caso se confirme a existencia de falsos recibos verdes, o Governo não deixará de atuar.