Cultura

"A Gala": uma experiência virtual de ficção que surgiu para reinventar o teatro

Iryna Shev

Iryna Shev

Jornalista

Euclides Semedo

Euclides Semedo

Repórter de Imagem

Rui Rocha

Rui Rocha

Editor de Imagem

O projeto digital foi a resposta de um grupo de atores à situação criada pela pandemia.

Teve uma única sessão, no passado dia 30 de julho, que foi transmitida através de uma plataforma criada de propósito para o efeito: A Matriz.
Os atores Luísa Fidalgo, Michel Simeão e Miguel Mateus criaram "A Gala" como resposta a uma necessidade de reinvenção, depois de terem ficado sem trabalho, por causa da Covid-19. À SIC, explicaram que o projeto que criaram não é exatamente teatro, mas sim, uma experiência digital imersiva e interativa que também junta representação.
Trata-se de uma narrativa, contada em simultâneo em três salas distintas da plataforma, em que cada espectador pode selecionar o que prefere ouvir.
A SIC assistiu a um dos ensaios de "A Gala" , projeto que contou ainda com a participação de José Mata, Isabela Valadeiro, Carolina Carvalho e Rita Ruaz.

  • 15:42