Cultura

Editora Cotovia vai fechar ao fim de 32 anos

Fundada em 1988 pelos irmãos Fernandes Jorge.

Ao fim de 32 anos de vida, a editora lisboeta Cotovia vai encerrar, devido à crise no setor livreiro.

O anúncio foi feito através do Facebook.

A editora comunicou que 2020 será o último ano em que estará presente na Feira do Livro e que depois, no fim do ano, vai fechar portas.

Fundada em 1988 pelos irmãos André Fernandes Jorge e João Miguel Fernandes Jorge, a Cotovia dedicou sempre especial atenção à publicação de teatro e poesia. Era também conhecida pela coleção de autores clássicos.