Cultura

Mia Couto no último dia da Feira do Livro de Lisboa 

Editores e livreiros dizem que as vendas caíram em relação aos anos anteriores, mas fazem um balanço positivo.  

A Feira do Livro de Lisboa chegou ao fim. Por causa da pandemia, o número de visitantes foi menor do que o habitual. O escritor moçambicano Mia Couto marcou presença no último dia do certame.

Ainda assim, o uso obrigatório de máscara e a lotação máxima do recinto não afastaram os visitantes das mais de 800 atividades, apresentações de livros e sessões de autógrafos.