Cultura

Legado de Eduardo Lourenço à Guarda

Paulo Gabriel

Paulo Gabriel

Repórter de Imagem

Morreu esta terça-feira, em Lisboa, aos 97 anos.

O ensaísta Eduardo Lourenço nasceu em São Pedro do Rio Seco, perto da linha de fronteira, no distrito da Guarda.

Viveu a maior parte da vida fora da aldeia onde nasceu, mas amava cada regresso. Chegou a ser homenageado em São Pedro do Rio Seco e na Guarda a quem ofereceu grande parte dos livros que leu.

Em 2004 decidiu oferecer cerca de 10 mil livros à biblioteca com o seu nome.

Filósofo, professor, ensaísta, escritor e crítico literário, Eduardo Lourenço morreu esta terça-feira, em Lisboa, aos 97 anos.

  • A árdua experiência com a sustentabilidade 

    Mundo

    E se alguém lhe dissesse que passaria a viver num quarto, com eletricidade apenas para pequenos utensílios domésticos, sem aquecimento central, ar condicionado ou água quente. Teria apenas três conjuntos de roupa, sem máquina de lavar ou secar, faria dieta local sem produtos de origem animal e não andaria de automóvel nem de avião?

    Opinião

    João Abegão