Cultura

José Cid canta em homenagem a Carlos do Carmo: "Por morrer uma andorinha, não se acaba a primavera"

Músico lembra o fadista que morreu hoje aos 81 anos.

José Cid recorda o amigo Carlos do Carmo, que faleceu esta sexta-feira de manhã no hospital de Santa Maria, em Lisboa. O músico recordou as últimas conversas "muito grandes e muito interessantes" com o fadista de 81 anos que, segundo diz, tinha um humor incrível.

"A minha história com o Carlos do Carmos é uma história de vida", confessou, numa entrevista à SIC Notícias.

Depois de recordar Carlos do Carmo, José Cid cantou em homenagem ao colega.

"O que Carlos do Carmo nos deixa é uma primavera de alma de saudade, de portuguesidade, que fica para além dos grandes nomes de tudo", concluiu José Cid.