Cultura

Morreu a atriz Tanya Roberts

Alexis Duclos

Estava internada num hospital desde que desmaiara na rua.

A atriz norte-americana Tanya Roberts, que contracenou com Roger Moore no filme "007 - Alvo em Movimento" ("A View to a Kill", 1985), morreu no domingo, aos 65 anos, em Los Angeles, Estados Unidos, anunciou o agente da artista.

De acordo com a publicação The Hollywood Reporter, citando o agente da artista, Mike Pingel, a atriz Tanya Roberts estava internada num hospital da cidade californiana desde que desmaiara na rua, a 24 de dezembro, enquanto passeava os seus cães.

Até agora não foi divulgada a causa da morte, mas foi descartada, para já, a hipótese do vírus na origem da covid-19.

Em Portugal, Tanya Roberts era conhecida pela série "Que Loucura de Família" ("That's the 70's"), produzida de 1998 a 2004, e por "Os Anjos de Charlie" (1976-1981), de que fez a última temporada.

Além de ter participado como "rapariga Bond" em "007 - Alvo em Movimento", no cinema entrou também em "Fantasias Íntimas" (1994), de John Travers, "Quase Grávida" (1992), de Michael DeLuise, "Sem Pecado" (1991), de Fred Olen Ray, "Um Delírio de Mulher" (1990) e "Sheena, a Rainha da Selva" (1984), de Jag Mundhra.

Era ainda um rosto que aparecia regularmente em séries como "Barco do Amor", "A Lei de Burke" e "A Ilha da Fantasia".

Nascida Victoria Leigh Blum, em Nova Iorque, em 1955, trabalhou como modelo e em publicidade, antes de entrar na carreira de atriz, inicialmente no pequeno ecrã, em várias séries.

A carreira de Tanya Roberts teve grande projeção quando foi convidada para contracenar com Roger Moore, num filme em que este ator passaria depois o testemunho do agente secreto britânico a Timothy Dalton.

Em "007 - Alvo em Movimento" também entraram Christopher Walken e a cantora Grace Jones.