Cultura

O cinema em 2020 e o ano de 2021 que começa com uma grande reposição. As sugestões de João Lopes no Cartaz

João Lopes

João Lopes

Crítico de Cinema

O crítico de cinema da SIC, cita dois exemplos relevantes do cinema em 2020 com Tenet, de Christopher Nolan e Mank de David Fincher.

2021 começa com uma grande reposição, em cópia restaurada do filme Crash de David Cronenberg, que regressa às salas de cinema. O vencedor do Urso de Prata em Berlim, "A Mulher que Fugiu" e para redescobrir um veterano francês em DVD, " O Sal das Lágrimas" de Philippe Garrel.