Cultura

Maria José Valério: a artista da música, rádio e cinema que se tornou um símbolo do Sporting

Morreu aos 87 anos, vítima da covid-19.

Morreu Maria José Valério. A cantora conhecida como a voz da “Marcha do Sporting” era dona de uma longa carreira que também passou pela rádio e cinema.

Nasceu a 3 de maio de 1933 na Amadora. A música foi desde cedo uma paixão que Maria José Valério acabaria por aperfeiçoar com a ajuda do tio Frederico Valério e, mais tarde, no Centro de Preparação de Artistas da Rádio.

Foi aí, na rádio, onde começou a mostrar uma voz única que usou para cantar músicas como "Olha o Polícia Sinaleiro" ou "As Carvoeiras", com um estilo que lhe valeu o título de rainha da Rádio de Goa nos anos 60, mas, antes disso, gravou a voz e energia num tema para o clube do coração.

A "Marcha do Sporting" transformou-se num lema e fez de Maria José Valério um símbolo, presente sempre que conseguia em vários momentos do clube, que viveu de uma forma única reconhecida pelo Sporting na página oficial do clube.

Ao longo dos anos foi reconhecida com Medalha de Mérito da Cidade de Lisboa, grau ouro. Em maio de 2009, o município da Amadora inaugurou um centro cultural com o nome de Maria José Valério, na freguesia da Venteira.

A cantora de 87 anos vivia na casa do artista em Lisboa. Morreu vítima de covid-19 no hospital de Santa Maria, em Lisboa.

  • 16:26