Cultura

Fotógrafo português entre os vencedores do World Press Photo 

Imagem de Nuno André Ferreira foi uma das escolhidas.

Um fotógrafo português está entre os vencedores do prémio World Press Photo de 2021.

Nuno André Ferreira ficou em terceiro lugar na categoria de Notícias Locais, com uma fotografia captada em setembro de 2020, durante um incêndio em Viseu, onde é possível ver uma criança dentro de um carro, iluminada pela luz das chamas.

Nuno Andre Ferreira / LUSA / WPP / HANDOUT

Nuno André Ferreira, nascido em 1979, vive em Viseu e trabalha com a agência Lusa desde 2009, e o seu trabalho tem sido premiado, nomeadamente em 2019 quando venceu por unanimidade o Prémio Rei de Espanha de Jornalismo, com a fotografia "O Nosso Presidente Marcelo", publicada pela agência Lusa em 19 de outubro de 2017.

Primeiros prémios:

O prémio de fotojornalismo destacou 45 fotógrafos de 28 países. O prémio da Fotografia do Ano foi para uma imagem captada pelo fotógrafo dinamarquês Mads Nissen, a 5 de agosto de 2020, da brasileira Rosa Luzia Lunardi, de 85 anos, a ser abraçada pela enfermeira Adriana Silva da Costa Souza, no lar Viva Bem, em São Paulo, no Brasil.

Foi o primeiro abraço que a idosa recebeu em cinco meses, e, mesmo assim, devido à pandemia, através de uma cortina de plástico especial, transparente, que permite o contacto sem contágio.

Esta fotografia venceu também na categoria de Notícias Gerais.

Mads Nissen/ Politiken/ Panos Pictures / WPP / HANDOUT

Na categoria de Desporto, venceu a imagem de Adam Pretty. A fotografia mostra um homem a subir uma pilha de troncos de árvores, durante um treino de escalada, em Kochel am See, na Alemanha.

Adam Pretty / Getty Images / WPP / HANDOUT

O fotógrafo Pablo Tosco venceu na categoria de Questões Contemporâneas, com uma imagem que mostra Fatima e o seu filho a preparar uma rede de pesca, num barco na baía de Khor Omeira, no Iémen.

Pablo Tosco / WPP / HANDOUT

Na categoria do Ambiente, venceu o fotógrafo Ralph Pace, com uma imagem de um leão-marinho curioso, que nada em direção a uma máscara, em Monterey, Califórnia, Estados Unidos da América.

Ralph Pace / WPP / HANDOUT

O fotógrafo Oleg Ponomarev venceu na categoria de Retratos, com uma imagem de Ignat, um homem transgénero, e a sua namorada, Maria, em São Petersburgo, na Rússia.

Oleg Ponomarev / WPP / HANDOUT

O primeiro prémio da categoria Notícias Locais foi para a fotógrafa Evelyn Hockstein, com uma imagem de uma mulher e de um homem em desacordo sobre a remoção do Memorial da Emancipação, em Washington D.C., Estados Unidos da América.

Evelyn Hockstein / The Washington Post / WPP / HANDOUT

Na categoria Natureza, venceu a fotografia de Ami Vitale. A imagem mostra uma girafa Rothschild, uma das espécies mais ameaçadas no mundo, a ser levada de uma zona inundada da Ilha de Longicharo, no Quénia, para um local seguro.

Ami Vitale / CNN / WPP / HANDOUT

Veja aqui todas as imagens premiadas no World Press Photo de 2021.