Cultura

Descoberta muralha com 3.000 anos em Beja

Outeiro do Circo é um dos maiores povoados da Idade do Bronze conhecidos na Península Ibérica.

Após anos de trabalho no Outeiro do Circo, em Beja, um conjunto arqueólogos descobriram uma muralha com 3.000 anos. A zona é um dos maiores povoados da Idade do Bronza, conhecidos na Península Ibérica, com cerca de 17 hectares.

A descoberta recente evidencia que os povos que habitavam a zona recorriam a técnicas construtivas com alguma sofisticação.

Destaca-se a muralha que ainda hoje rodeia a zona quase na totalidade. Para além da muralha, também foram descobertos cerca de 33.000 fragmentos cerâmicos.

Através da decoração presente nas cerâmicas, foi possível concluir que na época viviam comunidades sedentárias, que praticavam pecuária.

A campanha, que termina a 27 de agosto, é o final dos trabalhados, sempre com a esperança de que Outeiro do Circo possa vir a ser visitável.