Cultura

Grada Kilomba e Gus Van Sant na Bienal de Artes Contemporâneas

Euclides Semedo

Euclides Semedo

Repórter de Imagem

Artista portuguesa apresenta a instalação "O Barco" que aborda a escravatura

A 3.ª edição do BoCA conta com a participação da artista Grada Kilomba. Com mais de 30 metros e 140 blocos de madeira queimada, "O Barco" é uma escultura, mas também uma performance que pretende fazer uma homenagem às vítimas da escravatura e aos corpos desaparecidos no mar, ao longo de cinco séculos.
O realizador norte-americano Gus Van Sant também está incluído no cartaz, onde vai apresentar uma peça de teatro, pela primeira vez.
A BoCA, Bienal de Artes Contemporâneas, realiza-se até 17 de outubro em Lisboa, Almada e Faro.

  • 3:13
  • Vamos falar de jejum: era capaz de ficar 16 horas por dia sem comer?

    País

    O jejum intermitente é um regime alimentar que impõe um período de restrição alimentar. Existem vários modelos, mas o mais conhecido é dividido em 16 horas de jejum e oito horas em que pode comer livremente. Os especialistas reconhecem benefícios nesta prática, mas afirmam que a investigação científica ainda é escassa.

    Exclusivo Online

    Filipa Traqueia