Cultura

Casa Memória Eunice Muñoz inaugurada na Amareleja

Homenagem pretende manter viva a carreira da atriz no teatro, televisão e cinema português.

Foi inaugurada, esta quinta-feira, a Casa Memória Eunice Muñoz, na Amareleja, terra onde nasceu, numa homenagem que pretende manter viva a carreira da atriz que conta já com 80 anos de trabalho no teatro, televisão e cinema português.

Eunice Muñoz voltou à terra que a viu nascer, desta vez para ser homenageada com uma casa que pretende manter vivas as memórias de uma carreira com 80 anos.

Emocionada, a atriz entrou no espaço, criado e agora inaugurado na Amareleja e, acompanhada pelos seus filhos e por uma amiga, viu e reviveu as personagens de outros tempos.

"Fiquei muito comovida porque é tudo tão simples e tão verdadeiro, estou encantada", diz Eunice Muñoz.

"Uma alegria acompanhar a minha mãe nesta viagem à sua terra natal, à terra também da sua família, dos seus pais, dos seus avós, e, sobretudo, encontrar este espaço tão bem feito e com tanto carinho e tanto cuidado", refere o filho, António.

É considerada uma das melhores atrizes nacionais, com décadas de trabalho no teatro, televisão e cinema português.

A homenagem pretende manter a carreira de Eunice na memória de todos, na terra onde nasceu e viveu parte da sua infância.

"Foi uma oportunidade muito feliz. Estou muito contente, muito satisfeita, muito reconhecida. Agradeço muito a todos os que fizeram tudo isto por mim", acrescenta Eunice Muñoz.

Mas a surpresa estava guardada para o final e, na rua com o seu nome, Eunice Muñoz destapou a placa que marca agora a casa que a viu nascer.