Cultura

BD desenhada por português nomeada para prémio em França

BD desenhada por português nomeada para prémio em França
"The Many Deaths of Laila Starr" - Ram V, arte por Filipe Andrade
O vencedor será anunciado a 12 de setembro.

A obra "The Many Deaths of Laila Starr", do autor indiano Ram V e desenhada pelo português Filipe Andrade, está nomeada para o prémio de melhor banda desenhada de 2022 pela Associação de Críticos e Jornalistas de BD de França.

A associação divulgou na segunda-feira as cinco obras de banda desenhada finalistas ao prémio e entre elas está de "The Many Deaths of Laila Starr", editado originalmente nos Estados Unidos numa série curta de volumes pela Boom! Studios.

"The Many Deaths of Laila Starr" é uma história sobre vida e imortalidade, ambientada em Bombaim, onde a Morte é relegada para o mundo dos vivos. Ocupando o corpo de uma jovem rapariga, Laila Starr, a Morte fica a saber que a sua existência vai deixar de fazer sentido, por causa do nascimento de um bebé que, no futuro, descobrirá a imortalidade.

A banda desenhada, ainda inédita em Portugal, conta com desenho original de Filipe Andrade e cor de Inês Amaro, tendo já sido nomeada este ano para os prémios Eisner, nos Estados Unidos.

Filipe Andrade - há muito a trabalhar no mercado internacional para editoras estrangeiras - esteve nomeado para o Eisner de Melhor Desenhador e para Melhor Colorista, dividindo a nomeação nesta categoria com Inês Amaro.

O vencedor de melhor banda desenhada de 2022 pela Associação de Críticos e Jornalistas de BD de França será anunciado a 12 de setembro.

Para este prémio estão ainda nomeados "Beta Ray Bill", de Daniel Warren Johnson, "Monsters", de Barry Windson Smith, "Raptor", de Dave McKean, e "Saison de sang", de Simon Spurrier e Matias Bergara.

"The Many Deaths of Laila Starr" também está nomeado também para os prémios norte-americanos Harvey, que distinguem banda desenhada publicada nos Estados Unidos. Para estes prémios, cujos vencedores serão anunciados a 7 de outubro em Nova Iorque, está nomeado ainda o romance gráfico "Balada para Sophie", de Filipe Melo e Juan Cavia.

Últimas Notícias
Mais Vistos