Cultura

Coração de D. Pedro IV está de volta ao Porto

Loading...
Está em exposição no fim de semana no salão nobre da Irmandade da Lapa.

O coração de D. Pedro regressou este sábado ao Porto, depois de ter integrado as comemorações do bicentenário da independência do Brasil, ficando em exposição no fim de semana no salão nobre da Irmandade da Lapa até ser guardado.

O Brasil assinalou na quarta-feira o bicentenário da sua independência de Portugal, num evento que contou com a presença do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e da Assembleia da República, Augusto Santos Silva, e com o coração de D. Pedro IV, que em agosto, num voo que integrou também o presidente da autarquia portuense, Rui Moreira, seguiu para Brasília para estar presente como memória e homenagem ao primeiro rei do Brasil.

O voo que devolveu o coração à cidade saiu na quinta-feira à noite de Brasília, fazendo escala em Recife e na Cidade da Praia, em Cabo Verde, estando a chegada ao aeroporto Francisco Sá Carneiro prevista para as 12:40, informou a Câmara do Porto.

A autarquia aproveitará a trasladação para o Porto para um segundo momento de exibição na Irmandade da Lapa, no sábado, entre as 20:00 e as 20:00, e no domingo entre as 10:00 e as 16:00, sendo a entrada livre.

Finda a exibição acontecerá a cerimónia da guarda do coração de D. Pedro, com o presidente da câmara “a encabeçar este momento solene e, ele próprio, a proceder à guarda do coração a cinco chaves, antes da colocação do escrínio no mausoléu”, relata a autarquia.

Esta cerimónia está agendada para as 16:30 e dela consta um apontamento musical no Monumental Órgão de Tubos, com interpretação de obras de J. S. Bach, Marcos Portugal e de D. Pedro IV.

Paralelamente, numa outra sala da irmandade, decorrerá a exposição “D. Pedro IV: Um coração, uma vontade”, que contém documentos e objetos históricos sobre a passagem de D. Pedro pela cidade do Porto, acrescenta o município.

Últimas Notícias