Cultura

Morreu Guilherme de Pádua, o ex-ator que matou Daniella Perez

Morreu Guilherme de Pádua, o ex-ator que matou Daniella Perez
Instagram Guilherme de Pádua

Atualmente era pastor da Igreja Batista, mas foi em 1992 que se tornou conhecido em todo o mundo pelo homicídio de uma colega de elenco da telenovela “De Corpo e Alma”.

O antigo ator da Globo, Guilherme de Pádua, foi encontrado morto em casa, esta segunda-feira. Tinha 53 anos e, de acordo com a imprensa brasileira, terá sofrido um enfarte na cidade brasileira de Belo Horizonte, capital de Minas Gerais.

Afastado do pequeno ecrã desde a década de 90, depois de ter sido considerado culpado do homicídio da colega Daniella Perez, atriz e filha da autora, Glória Perez, Guilherme de Pádua era atualmente pastor da Igreja Batista.

Autor do crime que chocou o Brasil e o mundo

Paula Nogueira Thomaz, à data mulher do ator, teria ciúmes de Daniella Perez, que na telenovela “De Corpo e Alma” fazia par romântico com Guilherme de Pádua que, em dezembro de 1992, levou um crime que devido à brutalidade chocou não só o país, como o mundo. Daniella Perez morreu com 16 a 20 ferimentos com objeto cortante junto ao coração.

À data dos factos, Guilherme de Pádua foi condenado a 19 anos de prisão, mas acabou por cumprir apenas sete anos e ficar em liberdade condicional. Mas nunca mais voltou ao pequeno ecrã e tornou-se pastor da Igreja Batista.

Foi aliás o líder da igreja Batista da Lagoinha, no estado de Minas Gerais, onde o ex-ator era pastor, que confirmou na noite de domingo, a morte de Guilherme na rede Instagram.

Últimas Notícias
Mais Vistos