Cultura

Rabiscos e desenhos de alunos de Bragança servem de inspiração para pintor colombiano

Loading...

Projeto "Frequencies" já visitou mais de 300 escolas, em cerca de 30 países.

A Escola Miguel Torga, de Bragança, é a primeira escola do país a participar no projeto artístico internacional “Frequencies” do pintor colombiano Óscar Murillo. A ideia consiste em revestir os tampos das secretárias dos alunos com telas em branco para poderem desenhar, pintar e escrever tudo que lhes vier à cabeça durante seis meses.

As telas em branco foram instaladas há 15 dias, mas já há muito espaço preenchido. O resultado, é fruto da criação espontânea dos alunos manifestada através de rabiscos, desenhos e frases.

A inspiração, segundo os próprios intervenientes, advém de jogos, paisagens, música, filmes, planetas, borboletas. Resumindo, os alunos são livres de transpor para a tela “tudo o que pensam” e “tudo o que vem à mente”.

Uma das regras deste projeto é que o ato de desenhar não interfira com a atenção que os alunos devem dispensar às aulas, mas às vezes a criação fala mais alto.

A Escola Miguel Torga, de Bragança, é o primeiro e único estabelecimento de ensino português, até agora, a receber o projeto artístico internacional “Frequencies”, da autoria do famoso pintor Colombiano Óscar Murillo.

“Surgiu num contacto feito no âmbito de outro projeto que nós temos das escolas transfronteiriças, onde a representante da organização de Estados ibero-americanos me lançou o repto para implementar este projeto em Portugal”, profere Fátima Fernandes, diretora do A grupamento de Escolas Miguel Torga.

Daqui a seis meses as telas vão ser retiradas e devolvidas ao pintor Óscar Murillo que as utilizará como matéria-prima para inspirar a sua criação.

Nos sete anos de existência, o projeto “Frequencies” visitou mais de 300 escolas, em cerca de 30 países, onde se criaram milhares de telas muitas delas reproduzidas num livro e patentes em exposições à volta do mundo. Agora chegou a vez dos alunos de Bragança.

Últimas Notícias
Mais Vistos