Cultura

Cantor Ed Sheeran absolvido de plágio

Cantor Ed Sheeran absolvido de plágio
SHANNON STAPLETON/Reuters

O artista britânico foi processado pelos herdeiros de um dos coautores da música interpretada por Marvin Gaye, que alegavam que este copiou excertos de ‘Let’s Get It On’ para criar ‘Thinking Out Loud ’, um dos seus temas de maior sucesso.

O Tribunal Federal de Manhattan, nos Estados Unidos, absolveu Ed Sheeran das acusações de plágio, esta quinta-feira. O cantor britânico, de 32 anos, tinha sido processado pelos herdeiros de Ed Townsend, que escreveu em coautoria com Marvin Gaye o tema ‘Let’s Get It On’, um hit dos anos 1970.

Segundo a imprensa norte-americana, o tribunal considerou que Sheeran não infringiu os direitos de autor e criou o sucesso ‘Thinking Out Loud’ de forma independente.

Ao ouvir a decisão o músico, que já tinha afirmado publicamente que tencionava abandonar a carreira se fosse considerado culpado, abraçou os seus advogados.

A família de Ed Townsend alegava que alguns ritmos e melodias presentes nas duas canções eram muito semelhantes.

A defesa de Ed Sheeran apontou diferenças nos temas e sublinhou que os elementos em questão e que foram usados nas duas canções são muito comuns no género musical da Pop.

O processo corria na justiça norte-americana desde 2017.

Ouça abaixo 'Let’s Get It On', música lançada em 1973 que levou Ed Sheeran a tribunal.

Últimas Notícias