Desporto

Relatório da polícia refere que Jorge Jesus agrediu duas vezes um agente da PSP

O auto de notícia enviado pela Polícia de Segurança Pública ao Tribunal de Guimarães refere que Jorge Jesus agrediu duas vezes um agente da PSP. Na descrição dos factos, a polícia explica que o treinador do Benfica só não foi detido no relvado por motivos de segurança. Ontem, em declarações à Benfica TV, o técnico do Benfica pediu desculpa.