Desporto

Manchester United e City vencem e prosseguem na liderança

Manchester City

Phil Noble

As equipas de Manchester continuam o 'braço de ferro' na Liga inglesa de futebol, ainda que o United, de José Mourinho, tenha segurado um triunfo magro, e o City, de Pep Guardiola, tenha goleado na sexta jornada.

O Manchester United é adversário do Benfica no grupo A da Liga dos Campeões, com a equipa de José Mourinho a visitar o Estádio da Luz em 18 de outubro, e a receber as 'àguias' em 31 do mesmo mês.

Na deslocação a Southampton, que teve o internacional Cédric Soares a titular, o United arrancou o triunfo a 'ferros' (1-0), com um golo do reforço Romelu Lukaku, com o belga a mostrar, uma vez mais, ser uma mais-valia nos 'red devils'.

Foi o suficiente para a equipa continuar na frente, a par do Manchester City, que recebeu e goleou o Crystal Palace, por 5-0, num jogo em que o internacional português Bernardo Silva entrou aos 61 minutos, a substituir Raheem Sterling.

Sterling foi um dos homens do jogo, com dois golos (51 e 59 minutos), numa goleada que passou também por Leroy Sane (44), Aguero (79) e Fabian Delph (89).

Em grande nesta jornada esteve também Marco Silva, que viu o Watford continuar vitorioso nos jogos fora, desta vez no campo do Swansea, que contou com o médio Renato Sanches, emprestado pelo Bayern Munique, nos cinco minutos finais.

O Watford, que é quinto classificado, com três triunfos fora em seis jogos, adiantou-se com um golo de Gray, aos 13 minutos, o Swansea empatou por Abraham (56), mas os visitantes ainda garantiram a vitória nos instantes finais, por Richarlison (90).

A equipa de Marco Silva é 100% vitoriosa fora de portas, enquanto em casa empatou dois jogos e perdeu um.

Na 'Premier', nota também para a goleada do Chelsea em casa do Stoke City (4-0) e do triunfo do Tottenham na visita ao West Ham (2-3), equipa em que José Fonte foi titular.

No Chelsea, Morata realizou um 'hat trick', numa goleada em que Pedro Rodríguez também marcou, enquanto no Tottenham as emoções passaram da hipótese de goleada a uma defesa a ferros do triunfo, após a expulsão de Serge Aurier (70 minutos).

Harry Kane, com dois golos, e Erikssen, com um, deram vantagem aos 'spurs', mas um golo de 'Chicharito' e a expulsão de Aurier deixaram o cenário em aberto, até ao golo de Cheikhou Kouyate (87), que deixou o Tottenham em sofrimento na parte final.

Na jornada, nota ainda para o Everton, de Ronald Koeman, que esteve a perder em casa com o Bournemouth, mas deu a volta ao marcador (2-1), com um bis de Niasse.

Ainda hoje, o Leicester, que ainda não conta com Adrien Silva e que só em janeiro deverá ser autorizado a competir -, recebe o Liverpool.

Lusa