Desporto

Manchester United cede empate nos descontos e fica a 13 pontos do City

Andrew Boyers

Um golo de Harry Maguire, nos últimos segundos, valeu este sábado um empate caseiro ao Leicester, reduzido a 10, frente ao Manchester United (2-2), de José Mourinho, em encontro da 19.ª jornada da Liga inglesa de futebol.

Após o tento inaugural de Jamie Vardy, aos 27 minutos, um 'bis' do espanhol Juan Mata, aos 40 e 60, o segundo de livre direto, parecia suficiente para o United ganhar, mas o Leicester, que perdeu Amartey (segundo amarelo) aos 73, ainda salvou um ponto.

Com este resultado, o conjunto comandado por Mourinho, segundo classificado, passou a contar 13 pontos de atraso para o líder Manchester City, que goleou em casa o Bournemouth (4-0).

Depois de um início equilibrado, mas sem grandes oportunidades, o argelino Mahrez enganou Smalling e assistiu Vardy, com o inglês a bater De Gea, aos 27 minutos. O United reagir e Mata chegou ao empate, aos 40.

Na segunda parte, os forasteiros continuaram por cima e um livre direto bem executado pelo criativo espanhol deu a liderança aos 60 minutos.

Aos 73 minutos, Amartey foi expulso e as coisas complicaram-se ainda mais para o Leicester, que, no entanto, conseguiu empatar no último lance: Albrighton cruzou e o central Maguire, nas costas de Smalling, empurrou para o fundo das redes, dando um ponto aos campeões de 2015/16, agora oitavos.

Enquanto os rivais vão tombando, o 'passeio' do líder Manchester City continua e hoje, a equipa de Pep Guardiola alcançou a 17.ª vitória consecutiva.

A jogar em casa, o City contou com um 'bis' do argentino Aguero, aos 27 e 79 minutos, além de tentos de Sterling (53) e do brasileiro ex-FC Porto Danilo (85).

Antes, o Tottenham igualou o rival Arsenal no quinto lugar da tabela e ficou a um ponto do Liverpool ('gunners' e 'reds' empataram 3-3 em Londres, na sexta-feira), ao vencer em casa do Burnley, que caiu para sétimo, por 3-0.

No Turf Moor, o avançado inglês Harry Kane somou o sétimo 'hat-trick' da temporada, ao apontar os tentos da vitória aos sete, de grande penalidade, 69 e 79 minutos.

Kane igualou o egípcio Salah, do Liverpool, no topo da lista dos melhores marcadores da prova, com 15 tentos, e tem 53 golos em 2017, segunda melhor marca, a um de Lionel Messi, que pode apanhar ou ultrapassar terça-feira, na receção ao Southampton.

Por seu lado, Sam Allardyce continua invicto ao comando do Everton, e atrasou o campeão em título, o Chelsea, com um 'nulo' em Goodison Park, que deixa o Everton no nono posto, 10 pontos acima da zona de despromoção e a oito dos lugares europeus.

Depois de um início de temporada em que andou pelos lugares cimeiros, o Watford voltou a dar novo 'trambolhão', desta vez com um desaire por 1-0 na casa do Brighton. O único golo aconteceu aos 64 minutos, marcado pelo alemão Gross.

A formação de Marco Silva, que já vai em quatro derrotas seguidas e somou o sexto jogo sem vencer (cinco derrotas e um empate), caiu para o 10.º lugar e está apenas seis pontos acima da zona de despromoção.

O Swansea, que agora é treinado pelo também jogador Leon Britton, empatou em casa com o Crystal Palace (1-1), num jogo em que o ganês Ayew, aos 77, impediu nova derrota dos galeses, anulando o tento do sérvio Milivojevic, aos 59, de penálti.

O Southampton empatou (1-1) na receção ao Huddersfield, enquanto o Newcastle venceu pela primeira vez desde a nona jornada, pondo fim a uma série de oito derrotas e um empate, ao bater em casa o West Ham (3-2).

Lusa