Desporto

Liverpool e Tottenham empatam em jogo com final frenético

PETER POWELL

Liverpool e Tottenham empataram (2-2) este domingo, num jogo polémico realizado em Anfield Road, um resultado que permitiu ao Manchester United, de José Mourinho, reforçar o segundo lugar na liga inglesa de futebol, na 26.ª jornada.

O egípcio Salah inaugurou o marcador para os reds logo aos três minutos, num encontro que teve um final frenético e com polémica à mistura, com o spurs a fugirem à derrota com uma grande penalidade nos descontos, num lance que foi marcado por indicação do árbitro assistente.

Com uma bomba de fora da área, aos 80 minutos, o queniano Wanyama, que estava em campo há poucos segundos, colocou o resultado em 1-1, e Harry Kane perdeu a possibilidade de dar vantagem aos londrinos, aos 87, ao falhar uma grande penalidade.

Aproveitou o Liverpool e Salah bisou, aos 90+1 minutos, deixando a equipa da casa com a vitória no bolso. Contudo, aos 90+5, no último lance da partida, o árbitro assistente descortinou uma falta na área dos reds e, desta vez, Kane aproveitou para fazer o 2-2 final.

Com este resultado, o Liverpool, adversário do FC Porto na Liga dos Campeões, ficou com o terceiro lugar em perigo (o Chelsea pode ultrapassar os reds caso vença na segunda-feira o Watford) e deixou fugir o Manchester United, que ficou provisoriamente com cinco pontos de vantagem no segundo posto. Os red devils venceram no sábado o Huddersfield, por 2-0.

Por seu lado, o Tottenham continua no quinto lugar, a um ponto do Chelsea, mas pode terminar a ronda mais distante dos blues.

Num encontro entre equipas que lutam pela manutenção, Crystal Palace e Newcastle empataram a um golo.

Lusa