Desporto

Conselho de Disciplina instaura processo disciplinar a João Capela

O Conselho de Disciplina instaurou um processo disciplinar ao árbitro João Capela. Em causa está a justificação do juiz no relatório do árbitro no jogo Tondela-Sporting relativa à expulsão de Murillo. No relatório, o árbitro de Lisboa escreveu que o extremo do Tondela o terá insultado com uma expressão em espanhol. O jogador é brasileiro e os dirigentes do Tondela garantem que Murillo não fala espanhol.

O processo, aberto por decisão do presidente do Conselho de Disciplina, José Manuel Meirim, já seguiu para a Comissão de Instrutores da Liga.

João Capela não arbitra desde esse jogo, que se realizou a 19 de fevereiro.