Desporto

Candidatura de Bruno de Carvalho rejeitada

JOS\303\211 SENA GOUL\303\203O

A candidatura de Bruno de Carvalho foi rejeitada pela Mesa da Assembleia Geral do Sporting. O órgão liderado por Jaime Marta Soares deu parecer negativo à lista do ex-presidente por considerar que não cumpre os princípios definidos pelos estatutos do clube, apurou o Record. Jaime Marta Soares não confirma a informação e Bruno de Carvalho diz que não foi notificado até ao momento.

A decisão de Jaime Marta Soares ainda não foi anunciada oficialmente, mas segundo o jornal Record, a candidatura de Bruno de Carvalho foi rejeitada por não cumprir os príncipios definidos pelos estatutos do clube.

Em causa está o facto de o antigo presidente do Sporting ter sido suspenso por um ano, o que lhe retira os direitos de sócio, impossibilita-o de se candidatar à presidência dos leões.

A lista de Bruno de Carvalho não poderá ser corrigida. Os estatutos do Sporting prevêem um sistema presidencialista, o que faz com que a queda do número 1 arraste os restantes membros da lista. Ou seja, Erik Kurgy também não poderá avançar como cabeça de lista pois os prazos de apresentação de candidatura já terminaram.

Bruno de Carvalho ainda não reagiu a esta decisão, que a confirmar-se faz com que a corrida à presidência do Sporting fique reduzida a sete candidatos: Frederico Varandas, João Benedito, Pedro Madeira Rodrigues, José Maria Ricciardi, Dias Ferreira, Rui Jorge Rego e Fernando Tavares Pereira.

  • Um telemóvel com uma câmara diferente
    4:41