Desporto

Putin promete criar um dos maiores sistemas antidopagem do mundo

ALEXEI DRUZHININ/SPUTNIK/KREMLIN POOL

O presidente russo, Vladimir Putin, prometeu esta quarta-feira criar um dos maiores sistemas antidopagem do mundo, em declarações proferidas durante o fórum "Rússia, potência desportiva", em Moscovo.

"Estamos firmemente determinados a criar um dos maiores sistemas antidopagem a nível desportivo. Para esse fim, estamos a implementar um plano nacional especial", afirmou Putin.

Em 20 de setembro, a Agência Mundial Antidopagem (AMA) restabeleceu a Agência Russa Antidopagem (Rusada), cuja licença havia sido suspensa por três anos e meio.

"Assistimos às nossas falhas do sistema antidopagem, mas quero enfatizar que este não é apenas o único problema. Esses erros mostraram as imperfeições do sistema antidopagem internacional", referiu.

Putin sublinhou que a Rússia "cumpre sempre as suas obrigações" e que deve estar disposta a cooperar "construtivamente" com todas as organizações desportivas.

Devido a alegações do ex-diretor do laboratório antidoping de Moscovo, Grigori Rodchenko, a Associação Internacional das Federações de Atletismo (IAAF) suspendeu a Rusada devido à descoberta de um esquema generalizado de doping entre atletas russos de elite entre 2011 e 2015, com conhecimento e apoio estatal.

Lusa

  • Mourinho procura clube e rejeita, para já, treinar seleções
    7:14
  • Como não gastar dinheiro com os números começados por 707
    6:46