Desporto

Manchester City vence e segura liderança da Liga inglesa, Mourinho empata

SEAN DEMPSEY

O líder Manchester City venceu hoje na receção do West Ham por 4-0, em jogo da 13.ª jornada da Liga inglesa de futebol, enquanto o United, do português José Mourinho, empatou em casa 0-0 com o Crystal Palace.

O alemão Sané foi o homem do jogo em Londres, ao assistir o segundo golo, de Sterling (19 minutos), antes de bisar na segunda parte, aos 34 e 90, já depois do espanhol Silva ter aberto o marcador, aos 11.

A equipa de Pep Guardiola segue no topo da 'Premier League', sem derrotas e com 35 pontos, tal como o Liverpool, que tem menos dois pontos e também venceu fora de casa, no reduto do Watford, por 3-0, e segue em segundo lugar.

Num jogo em que os campeões em título não contaram com Bernardo Silva, lesionado, o triunfo começou a construir-se cedo e Sterling também esteve em evidência, com um golo e uma assistência.

Em Watford, os 'reds' precisaram de mais de uma hora para abrir o marcador, por intermédio do egípcio Salah, apenas aos 67 minutos, nove antes do 2-0, marcado por Alexander-Arnold.

Com Domingos Quina no banco, os 'hornets' não conseguiram reagir, nem mesmo depois de Henderson ser expulso nos visitantes, aos 82 minutos, e ainda viram o brasileiro Firmino aumentar para 3-0, aos 89.

Em Manchester, o United, de Mourinho, somou o segundo jogo seguido sem ganhar, depois da derrota com o rival City (3-1), ao empatar com o Crystal Palace, num jogo sem golos e em que os 'red devils' não conseguiram concretizar as oportunidades de que dispuseram.

Perante um adversário que tinha apenas duas vitórias e dois empates em 12 jogos, Lingard, Lukaku e Martial foram escolhidos para liderar o ataque da equipa da casa, mas os golos não surgiram, nem sequer com Alexis Sánchez e Rashford no lugar de Mata e Pogba, no segundo tempo.

A equipa do treinador português caiu para sétimo lugar, agora com 21 pontos, e foi ultrapassada pelo Everton, do compatriota Marco Silva, que venceu em casa o 'aflito' Cardiff, 18.º e antepenúltimo classificado, em zona de descida.

Em Liverpool, um tento do islandês Sigurdsson, aos 59 minutos, bastou para os 'toffees' vencerem, numa partida em que o médio português André Gomes foi totalista, e subirem ao sexto posto, com 22 pontos.

Brighton e Leicester empataram a uma bola, à mesma hora da estreia do italiano Claudio Ranieri no comando técnico do Fulham, que era último antes da receção ao Southampton.

Ranieri, que foi campeão com o Leicester em 2016, depois de ter conseguido, na época anterior, salvar o emblema da descida, entrou a ganhar no regresso a Inglaterra, vencendo por 3-2.

O sérvio Mitrovic bisou, aos 33 e 63 minutos, em ambos os casos em resposta a golos de Stuart Armstrong, que também marcou duas vezes, a última a passe do português Cédric Soares, sendo que o alemão Schurrle, aos 43, fez o outro golo dos londrinos.

O Fulham chegou aos oito pontos e subiu um posto, para 19.º, entregando a lanterna-vermelha à condição ao Huddersfield, que só joga no domingo, e igualando o Southampton, primeiro clube acima da 'linha de água'.

Ainda hoje, o Tottenham recebe o Chelsea num dérbi londrino, com as duas equipas separadas por um ponto na tabela, com vantagem para a equipa de Maurizio Sarri, que ainda não perdeu e é terceira, com 28 pontos, precisando de vencer para continuar próxima de Liverpool e Manchester City.

Lusa

  • Sporting perde no arranque da caminhada europeia

    Liga Europa 2019/2020

    "Leões" perderam por 3-2 com o PSV, na Holanda.