Desporto

Clube irlandês de futebol pede desculpa por anunciar falsa morte de atleta

O Ballybrack FC, clube irlandês de futebol amador, pediu desculpas por ter anunciado a morte de um dos seus jogadores, o espanhol Fernando Nuno La-Fuente, num acidente de mota, quando este se encontrava vivo.

A notícia da morte do jogador começou a ser publicada num jornal local, o que provocou o adiamento do jogo do Ballybrack FC no passado fim de semana e a realização de um minuto de silêncio nos restantes encontros do campeonato.

Contudo, o jogador apareceu em público na sua terra natal, em Espanha, o que provocou um pedido de desculpas por parte do clube, num comunicado divulgado na página oficial do Facebook.

"Ocorreu um grave erro, proveniente de correspondência enviada por um membro da equipa de gestão do clube para a Leinster Senior League", explicou o clube, adiantando que "a pessoa em questão foi dispensada de todas as funções no clube" após este mal-entendido.

Atleta aceitou pedido de desculpas

O clube anunciou também que o responsável pelo erro "tem vivido vários problemas pessoais, desconhecidos pelos outros membros do clube", e agradeceu a compreensão do atleta, que foi contactado e aceitou o pedido de desculpas.

O diretor da Leinster Senior League, David Moran, anunciou que a liga "irá cooperar com todas as agências relevantes à investigação e vai também lidar com o problema através dos próprios procedimentos disciplinares internos", pedindo igualmente desculpa pelo sucedido.

"A liga agiu de boa fé em todos os momentos, e quando notificada por um representante do Ballybrack FC, oferecemos imediatamente as nossas sinceras condolências e partilhámos a notícia com os restantes clubes para realizarem as homenagens devidas", explicou o diretor.

Com Lusa

  • Saiba quais são os medicamentos que contêm ranitidina
    0:53