Desporto

"Orgulho-me da cor da minha pele". Kalidou Koulibaly reage aos cânticos racistas no estádio do Inter

Alberto Lingria

Cânticos racistas levaram Carlo Ancelotti a insistir com o árbitro, repetidas vezes, para interromper o jogo.

O Boxing Day em Itália ficou marcado por um episódio de racismo. No jogo entre o Nápoles e o Inter, muitos adeptos entoaram cânticos racistas que visavam Kalidou Koulibaly. O treinador Carlo Ancelotti já avisou que da próxima vez, o Nápoles abandona o relvado em protesto.

No Twitter, o jogador escreveu "Estou desiludido pela derrota e ainda mais por ter deixado os meus irmãos. Mas orgulho-me da cor da minha pele. Orgulho em ser francês, senegalês, napolitano: homem".

Também Cristiano Ronaldo reagiu nas redes sociais. "No Mundo e no futebol desejo sempre educação e respeito. Não ao racismo ou a qualquer ofensa e discriminação"

Instagram
  • “A espera” de uma mãe e uma luta que dura há 10 anos
    22:00