Desporto

42 atletas russos autorizados a competir sob bandeira neutra em 2019

Maria Lasitskene é uma das 42 atletas russos que vai poder competir sob bandeira neutra

Sergei Karpukhin / Reuters

A Rússia está suspensa das competições internacionais desde que foi descoberto um vasto esquema de doping institucionalizado em 2015.

A Associação Internacional de Federações de Atletismo (IAAF) autorizou 42 atletas russos a participar em competições de atletismo em 2019 sob bandeira neutra, enquanto a Rússia continua suspensa devido aos casos de doping, anunciou hoje a entidade.

Esta não é a primeira vez que a IAAF autoriza alguns atletas russos a competir desde que, no final de 2015, foi descoberto um vasto esquema de doping institucionalizado na Rússia.

Em agosto, no Campeonato Europeu em Berlim, 72 atletas russos puderam participar também sob bandeira neutra.

"O Comité de Testes de 'doping' da IAAF decidiu que as candidaturas de 42 atletas russos cumprem os critérios excecionais de elegibilidade para participar em competições internacionais como atletas neutros em 2019", revelou a instituição que tem sede em Monte Carlo, no Mónaco, realçando que "a suspensão da federação nacional russa permanece".

Em dezembro, a IAAF decidiu manter a suspensão de três anos da Rússia e a bandeira russa já não é usada numa competição internacional de atletismo desde o Campeonato do Mundo de Pequim de 2015.

Lusa