Desporto

Liverpool goleia Watford, Bernardo Silva decisivo para o triunfo do City

O internacional luso Bernardo Silva foi lançado por Pep Guardiola aos 57 minutos.

O Liverpool goleou hoje por 5-0 o Watford e segurou a liderança da Liga inglesa de futebol com mais um ponto do que o Manchester City, que venceu por 1-0 na receção ao West Ham, na 28.ª jornada.

PETER POWELL

Os 'reds', que tinham apenas uma vitória nos últimos quatro jogos na 'Premier League', chegaram ao intervalo a vencer por 2-0, com dois golos do senegalês Sadio Mané, aos nove e 20 minutos, o segundo numa brilhante finalização de calcanhar.

No segundo tempo, o Liverpool castigou ainda mais os 'hornets' - que tiveram o internacional sub-20 português Domingos Quina no banco de suplentes -, com tentos do belga Divock Origi (66 minutos) e um 'bis' do central holandês Virgil van Dijk (80 e 83).

O conjunto de Anfield passou a somar 69 pontos, mais um do que o Manchester City, segundo classificado, com 68, que bateu o West Ham pela margem mínima, poucos dias depois da conquista da Taça da Liga inglesa.

O internacional luso Bernardo Silva, que tinha iniciado a partida no banco de suplentes dos 'citizens', foi lançado por Pep Guardiola aos 57 minutos, para o lugar do alemão Leroy Sané, e teve impacto imediato: um minuto depois de entrar, foi derrubado por Felipe Anderson dentro da área dos londrinos e deu a oportunidade ao argentino Sergio Aguero de marcar o tento do triunfo, aos 59.

Sergio Aguero celebra após marcar golo

Sergio Aguero celebra após marcar golo

Jason Cairnduff

De resto, tudo se manteve igual no topo da classificação, ainda que o Tottenham, terceiro, com 60 pontos, esteja agora mais longe da dupla da frente, após ter sido derrotado por 2-0 no dérbi com o Chelsea, em Stamford Bridge.

O guarda-redes espanhol Kepa foi relegado pelo técnico Maurizio Sarri para o banco de suplentes, na sequência do incidente que protagonizou na final da Taça da Liga inglesa, e de lá viu o compatriota Pedro inaugurar o marcador, aos 57 minutos, antes de Kieran Trippier se desentender com Hugo Lloris e selar a vitória dos 'blues', com um golo na própria baliza, aos 84.

Ainda assim, o conjunto de Londres continua no sexto posto, com 53 pontos e menos um jogo, uma vez que tanto o Arsenal como o Manchester United venceram as respetivas partidas.

Os 'gunners', quartos classificados, estão agora a quatro pontos do Tottenham, depois de golearem o Bournemouth por 5-1, com golos de Mesut Özil (quatro minutos), Henrikh Mkhitaryan (27), Laurent Koscielny (47), Pierre-Emerick Aubameyang (59) e Alexandre Lacazette (78), sendo que Lys Mousset anotou o tento dos 'cherries' (30).

Já o Manchester United, com o português Diogo Dalot como titular, venceu no terreno do Crystal Palace, por 3-1.

Os 'red devils', que estão no quinto lugar, com 55 pontos, construíram o triunfo por intermédio do belga Romelu Lukaku (33 e 52 minutos) e de Ashley Young (83), enquanto Joel Ward marcou para a formação londrina (66).

No outro jogo do dia, o Southampton colocou fim a uma série de quatro encontros sem vencer e saiu da zona de despromoção, ao bater o 'aflito' Fulham (19.º) por 2-0, com golos de Oriol Romeu, aos 23 minutos, e James Ward-Prowse, aos 40.

Lusa

  • Mourinho procura clube e rejeita, para já, treinar seleções
    7:14
  • Como não gastar dinheiro com os números começados por 707
    6:46