Desporto

SAD do Sporting admite ficar sem dinheiro em abril

Rafael Marchante

SAD alerta que precisa de 65 milhões de euros para fazer face às despesas nos próximos meses.

A SAD do Sporting admite que pode ficar sem dinheiro em abril e, por isso, pode ser obrigada a antecipar receitas.

Através do prospeto enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários, a SAD assumiu que os saldos de caixa e fundo de maneio não são suficientes para cobrir as necessidades financeiras nos próximos 12 meses, estimadas em cerca de 65 milhões de euros, dos quais 41 milhões de euros até 30 de junho.

A SAD sportinguista disse que vai antecipar as receitas do contrato de direitos de transmissão dos jogos da equipa principal com a NOS.

Em última instância, poderá recorrer à venda de ativos, designadamente dos direitos económicos dos jogadores de futebol.