Desporto

Clubes europeus querem Champions com subida e descida de divisão em 2024

Maxim Shemetov

A decisão foi anunciada pelo italiano Andrea Agnelli, presidente da Juventus.

A Associação Europeia de Clubes aprovou esta terça-feira uma proposta de renovação da Liga dos Campeões de futebol, a partir de 2024, que inclui a promoção e despromoção de equipas, situação que já está a ser debatida com a UEFA.

Após reunião em Amesterdão, na Holanda, o organismo decidiu avançar para uma possível revolução na mais importante competição de clubes na Europa, com a criação de duas divisões, com 16 equipa cada, com um quadro de descidas e subidas no final da temporada.

A decisão foi anunciada pelo italiano Andrea Agnelli, presidente da Juventus, que é também líder da Associação Europeia de Clubes, que representa mais de 200 emblemas.

"A despromoção e a promoção de equipas é algo totalmente natural no mundo do futebol", disse o dirigente italiano.Agnelli adiantou que o objetivo é também passar alguns jogos para o fim de semana, alternando com os campeonatos de cada país, e que essas ideias vão ser debatidas juntamente com a UEFA nos próximas "12 a 16 meses".

Os clubes europeus voltaram a mostrar-se contra o Mundial de clubes da FIFA, referindo que a competição "está a mais" no calendário.

"Na mesma altura, acontecem jogos de qualificação para o Campeonato do Mundo e da Taça das Nações Africanas. É uma prova que deixa o calendário totalmente congestionado", disse Agnelli.

A Associação Europeia de Clubes mostrou-se ainda a favor da existência de apenas duas ou três alturas para jogos de seleções por ano, embora com períodos mais longos.

Lusa