Desporto

Ginasta que sofreu queda desastrosa fala na lesão como um "pequeno contratempo"

Jeff Roberson

Samantha Cerio competia pela Universidade de Auburn, nos campeonatos regionais de ginástica, em Baton Rouge, no Louisiana, Estados Unidos da América.

A jovem ginasta norte-americana que deslocou os dois joelhos ao cair durante uma rotina considerou que a lesão, que a levou a terminar a carreira desportiva, foi um apenas um "pequeno contratempo".

Samantha Cerio deslocou os joelhos e rompeu vários ligamentos nas pernas, depois de cair durante uma rotina, nos campeonatos regionais de ginástica a 5 de abril, em Baton Rouge, no estado norte-americano do Louisiana.

Numa entrevista ao The Today Show, da NBC, a jovem de 22 anos descreveu o momento em que percebeu realmente a lesão que tinha sofrido.

"Quando aterrei percebi que algo estava errado. Pensei que tinha apenas magoado os joelhos até olhar para baixo e perceber que não era o caso. Foi aí que vi o que tinha acontecido. Foi aí que a dor começou e só piorou."

Dois dias após o incidente, a jovem anunciou que se iria retirar da ginástica. Mas nem tudo são más notícias e, segundo o Insider, nas próximas semanas, a jovem vai receber o diploma de Engenharia Aeroespacial e deverá começar a trabalhar na Boeing, em Seattle.

"Estou muito entusiasmada porque estão a acontecer muitas coisas boas comigo", confessou Samantha Cerio.

"Isto é um pequeno contratempo, mas é só mais uma coisa que tenho de ultrapassar... Apesar de aquele ter sido o meu último encontro de ginástica, tudo o que fiz e treinei, sempre foi pela minha equipa."

Após o incidente, a ex-ginasta pediu que as pessoas parassem de partilhar o vídeo da lesão nas redes sociais. "A minha dor não é para o vosso entretenimento", escreveu no Twitter, na passada semana.