Desporto

Pelé já saiu do hospital, dois dias depois da cirurgia

Christian Hartmann

A saúde do antigo jogador tem-se vindo a debilitar nos últimos anos.

Pelé regressou esta segunda-feira a casa, dois dias depois de ter sido submetido a uma operação para retirar um cálculo renal, anunciou o Hospital Albert Einstein, na Zona Sul de São Paulo.

"O paciente Edson Arantes do Nascimento saiu do hospital esta manhã", limitou-se a dizer a unidade hospitalar, através de um boletim médico.

O antigo jogador de futebol, de 78 anos e três vezes campeão do mundo (1958, 1962, 1970), foi internado a 3 de abril no hospital americano de Neuilly (região oeste de Paris) devido a uma infeção urinária. Regressou depois ao Brasil, para entrar diretamente no Hospital Albert Einstein.

Sábado, foi-lhe retirado um cálculo da uretra esquerda, o canal que transporta a urina do rim para a bexiga.

No total, Pelé passou 13 dias hospitalizado, dos quais seis em Paris e sete em São Paulo.

Pelé só tem um rim após um problema ainda dos tempos em que era jogador: uma costela fraturada durante um jogo afetou o rim direito, que acabou por ter de ser retirado.

A saúde do que muitos consideram o melhor futebolista de todos os tempos tem-se vindo a debilitar nos últimos anos e em 2014 foi vítima de uma infeção urinária grave, a ponto de ser colocado nos cuidados intensivos, com diálise.

Lusa

  • Há quem espere mais de um ano para conseguir vaga no SEF
    5:06
  • “Este despacho não é sobre casas de banho, é sobre pessoas”
    13:47