Desporto

Diogo Jota marca e assiste na vitória do Wolverhampton em Watford

Ian Walton

O avançado português foi decisivo para a vitória.

O avançado português Diogo Jota foi este sábado decisivo para a vitória do Wolverhampton sobre o Watford, por 2-1, com um golo e uma assistência no jogo da 36.ª jornada da Liga inglesa de futebol.

O antigo jogador de Paços de Ferreira e FC Porto esteve na origem do golo de Raúl Jiménez, aos 41 minutos, cruzando para o cabeceamento certeiro do mexicano, que anotou o 13.º tento na prova e tornou-se no melhor marcador dos 'wolves' numa edição da 'Premier League'.

No arranque do segundo tempo, Andre Gray empatou a partida, aos 49 minutos, só que Diogo Jota selou o triunfo do Wolverhampton, aos 77, dando a melhor sequência a um passe 'teleguiado' de Rúben Neves, um dos quatro lusos titulares, juntamente com Rui Patrício, João Moutinho e Jota.

A duas rondas do final, a formação orientada por Nuno Espírito Santo, que lançou Iván Cavaleiro nos derradeiros minutos, subiu ao sétimo lugar, com 54 pontos, mais quatro do que o Everton e o Watford.

Os 'toffees', orientados pelo português Marco Silva, cederam um nulo (0-0) na visita ao Crystal Palace, depois de na ronda anterior terem goleado o Manchester United, por 4-0. O internacional português André Gomes continua a cumprir castigo e não foi opção no conjunto de Liverpool.

Apesar de já estar despromovido, o Fulham somou a terceira vitória seguida, perante o Cardiff, por 1-0, tendo complicado a 'missão' do 18.º e antepenúltimo.

No estádio St. Mary's, Southampton e Bournemouth proporcionaram uma partida 'frenética', que terminou numa igualdade 3-3. Shane Long, James Ward-Prowse e Matt Targett apontaram os golos dos 'saints', enquanto Dan Gosling e Callum Wilson, este por duas vezes, marcaram para os 'cherries'.

Em Brighton, o Newcastle adiantou-se, através do espanhol Ayoze Pérez, aos 18 minutos, mas os 'seagulls' conseguiram salvar um ponto, graças ao alemão Pascal Gross, aos 75.

No primeiro encontro do dia, o West Ham venceu por 1-0 o Tottenham, graças a um golo de Michail Antonio, aos 67 minutos, naquela que foi a primeira derrota dos 'spurs' no novo estádio, em vésperas de receberem o Ajax, na primeira mão das meias-finais da Liga dos Campeões, na terça-feira.

Com esta derrota, os 'spurs' continuam no terceiro lugar, com 70 pontos, mas podem ser igualados pelo Chelsea, quarto, com 67, que no domingo visita o Manchester United, e correm ainda o risco de ver o Arsenal, quinto, com 66, aproximar-se.

Lusa

  • Como não gastar dinheiro com os números começados por 707
    6:46