Desporto

Manchester United empata com Chelsea e fica mais longe da Champions

NIGEL RODDIS

Este resultado mantém o Chelsea no quarto lugar da Premier League.

Manchester United e Chelsea empataram 1-1 este domingo no fecho da 36.ª jornada do campeonato inglês de futebol, um resultado que deixa os 'red devils' mais longe da Liga dos Campeões da próxima época.

Em Old Trafford, o espanhol Juan Mata colocou a equipa da casa em vantagem, aos 11 minutos, mas o espanhol Marcus Alonso refez a igualdade, aos 43, num lance com muitas culpas para o guarda-redes De Gea.

Este resultado mantém o Chelsea no quarto lugar da 'Premier League', o último que dá acesso à 'champions', com 68 pontos, mais três do que o Manchester United, que continua a ocupar o sexto lugar, quando faltam disputar apenas duas jornadas.

Antes, o Manchester City manteve a liderança da prova ao vencer no terreno do Burnley, por 1-0, com um golo de Sergio Aguero.

O avançado argentino, melhor marcador da história dos 'citizens', decidiu a partida aos 63 minutos, num jogo em que o português Bernardo Silva foi titular na formação do espanhol Pep Guardiola.

A 12.ª vitória seguida na 'Premier League' mantém o Manchester City no topo da tabela, com um ponto de vantagem sobre o Liverpool, que na sexta-feira, no arranque da ronda, goleou o já despromovido Huddersfield, por 5-0.

Por seu lado, o Burnley segue no 15.º posto, mas já com a permanência assegurada.

No primeiro jogo do dia, o Leicester impôs a terceira derrota consecutiva ao Arsenal na competição, por 3-0, com os 'gunners' a poderem atrasar-se na luta pela qualificação para a Liga dos Campeões.

O belga Youri Tielemans (59) e Jamie Vardy (86 e 90+5) - o segundo golo do avançado inglês ocorreu a passe do português Ricardo Pereira - marcaram num encontro em que o Arsenal jogou desde os 36 minutos em inferioridade numérica, após a expulsão de Ainsley Maitland-Niles.

Lusa