Desporto

Treinador dá raspanete a Neymar

Stephane Mahe

O treinador do brasileiro não gostou da atitude do jogador.

O treinador do Paris Saint-Germain, o alemão Thomas Tuchel, condenou hoje a ação do futebolista internacional brasileiro Neymar, que agrediu um adepto após a derrota sofrida no sábado frente ao Rennes, na final da Taça de França.

"Não se pode fazer uma coisa daquelas. Não gosto, de todo, não é possível", disse o técnico alemão, explicando que embora entenda que é "complicado subir os degraus depois de uma derrota" é preciso "aceitar e mostrar respeito".

Neymar agrediu um adepto na cara quando se deslocava para a tribuna para recolher uma medalha, sendo que o vídeo do gesto tem circulado nas redes sociais e o jogador brasileiro já admitiu que agiu de forma "errada", mas numa situação em que "ninguém consegue ficar indiferente".

O gesto do avançado brasileiro, que protagonizou a transferência mais cara do futebol mundial, depois de os campeões franceses terem pagado 222 milhões de euros ao FC Barcelona, poderá ser punido com vários jogos de suspensão.

Lusa.

  • "O hospital não interna doentes em refeitórios"
    7:14