Desporto

Benfica recorre de "castigo provocador" a Luís Filipe Vieira

Rafael Marchante

Presidente das águias foi suspenso por 90 dias.

O Benfica anunciou a decisão de recorrer da suspensão de 90 dias, aplicada pelo Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol ao presidente do clube, Luís Filipe Vieira.

Em comunicado, as águias falam num castigo com um "caráter provocador e perturbador" e reiteram que existe uma "óbvia dualidade de critérios".

Luís Filipe Vieira foi castigado pelas declarações que proferiu no fim do jogo com o FC Porto, a 22 de janeiro, referente às meias-finais da Taça da Liga, que terminou com o triunfo portista por 3-1 e a consequente eliminação das águias.

Na altura, o dirigente encarnado deixou fortes críticas à atuação do vídeoárbitro Fábio Veríssimo: